Janelas de minh`alma !

>> sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Gente pra quem lembra de alguns posts que fiz me relacionando a espera e outras coisas em conjunto, mas nào cheguei a falar o que era. Então agora tenho uma resposta pra eles, e pra vcs tentar exteriorizar meus momentos dos últimos 15 dias.
Eu era contratada em serviço público, e poderia ser renovado meu contrato por mais seis meses, mas tinha um porém, para diminuir gastos surgiu uma situação que ninguém esperava, tiraram uma farmacêutica do nível central, burocrático para colocarem no meu lugar que era totalmente prático, eu dipensava medicamentos controlados para pacientes psiquiátricos de todos os níveis, adorava o q estava fazendo, porém um dia m entregaram um fax do Rh q meu contrato não seria renovado.


No momento que li aquele papel me senti assim, como que quebrada, com uma visão escura,





ao longo dos dias, apesar do tal fax, os murmurinhos eram outros,nada tu vai ficar, e no meio de pedras eu enxergava alguma coisinha mais colorida,

a ponto de ficar um pouco mais tranquila, esperançosa, mas ainda fechada comigo mesma,



mas as rádios corredores continuavam com tantas informações distorcidas q cheguei a amarelar, não querer pensar mais se iria ou não ser renovado o contrato,





diante da fragilidade que eu m encontrava porém não demonstrando, muitas vezes alguns pacientes sabendo da situação ficavam indignados, e aquilo para mim era uma energização, assim como a cor laranja me transmite,





dias e incertezas, dúvidas, de que mesmo que tudo se mostrava preto e cinza, eu lá no fundinho tinha uma esperança,





tinha uma sensação que nada mudaria, e tudo logo ficaria mais claro,



mas ao mesmo tempo que para mim as coisas poderiam ficar claras e coloridas e eu continuar com um trabalho que dei início e que tinha ambição de fazer muito, ajudar, talvez curar,


uma semana antes do dia 20/10 veio a notícia lá de cima, minha coordenadora me comunicou que realmente não seria renovado o contrato, apesar dela ter interferido a favor,



não tive decepção porque esperava as duas situações ou sair ou ficar, mas fiquei bem em saber que ela tinha interferido a meu favor realmente, o que me restava era mandar currículo, e ter outras esperas, já não sabia se aquilo me deixava mais fechava ou se iriam abrir novas situações,





para minha surpresa em dois dias antes do dia 20/10 que seria meu último dia na clínica, recebi uma ligação do rh de uma grande rede de farmácias, que possue distribuidora e laboratório de cosméticos, resumindo é uma rede que detém o Rio Grande do Sul e Santa Catarina,marcando uma entrevista, para dois dias depois que eu saísse da clínica,




aquilo foi muito bom, mas novamente dentro de mim me sentia meio confusa, não sabia se estava fechada em mim mesma ou se eu não queria reconhecer que podia sim estarem se abrindo novos caminhos, que eu profissional com certo currículo, porém sempre na saúde pública, nào tinha noção se a rede privada levasse em conta as minhas atividades, que mesmo sendo a mesma área, são segmentos diferentes,





depois do último dia de trabalho, de choradeira, despedidas, eu me convenci que sim, talvez um novo desafio estava entreaberto quando eu menos esperava, fiz a primeira entrevista no rh , gostaram muito do meu currículo, mas ainda tinha outra que seria com a farmacêutica gerente,da unidade deles de maior movimento, na qual até tem um segurança, fora as camêras internas, fiquei meio assustada, seria um desafio e tanto, sendo a rede que é,




na entrevista com a gerente vi que muitas vezes temos janelas abertas e não sabemos que dali podemos ver um lindo dia, uma linda paisagem, e foi bem isso que eu m dei conta, a gerente gostou muito do meu currículo, das minhas experiências anteriores, e era justamente o perfil de profissional que ela queria, que não é só vender remédio, a empresa tem outra visão, não existe a tal da empurroterapia que as farmácias pequenas fazem dando comissão para o funcionário, o que não é nada ético, para minha surpresa ela comentou que tem projetos para treinamentos de atendentes, e até mesmo de farmacêuticos, e que eu seria muito útil nesse sentido, pois tenho uma grande experiência em treinamentos, aulas p universitários, gosto bastante dessa dinâmica, então tudo se abriu dentro de mim,






o dia estava lindo, quente, e eu contratada, em menos de 1 semana. Por isso quis fazer essa analogia com as janelas e meu eu, o que mais importante temos e muitas vezes não damos valor é o próprio valor que temos.




E para finalizar nada mais m restava eu me presentear com um delicioso sorvete do bobs...que fazia meses que não tomava pois estou de dieta...rsrsr







na vida o importante é acreditar, apostar, viver, aceitar novos desafios, isso faz parte do crescimento da humanidade !


Bom feriado a todos e não deixe de viver por achar q sua alma, seu eu está fechado para o mundo, acredite em você sempre!

5 comentários:

Silvana Fabbri 31 de outubro de 2009 11:19  

Rosi, adorei sua história, adorei as janelas ... quando alguém fecha uma "janela" ... vem Deus e nos abre outras tantas .... gostou??
Vá en frente, a fila anda mesmo, e é muito bom que ande, sempre precisamos de bons recomeços, e estou achando que você terá um ótimo recomeço .....
Beijos e muito sucesso.

http://meumundocordeabobora.blogspot.com

P.S. estou fazendo um doce de abóbora para comemorar o Halloween ....kkkkkkkkk

Rosi 31 de outubro de 2009 16:11  

É bem assim Silvana é só crer e pensar positivo. Adoro doce de abóbora coma minha parte por mim...brigadinho pela visita sera sempre bem vinda

Fabiano Mayrink 31 de outubro de 2009 16:51  

Hoje que li seu post Rosi fico feliz por saber que tudo se resolveu, devemos mesmo aceitar os novos desafios, mais nunca ter em mente que vamos errar, nunca desista, um abraço!

Duh Franzen 3 de novembro de 2009 12:57  

Ola querida
imagino o que vc tem passado, mas as janelas ilustram bem as oportunidades que a vida nos oferece. Va em frente, seja feliz.
Ah e não esqueça de dar uma passadinha no spaceduh tem um selinho pra vc.
Bjinhos
Dulce

Rosi 3 de novembro de 2009 19:03  

Duh querida obrigado pelo carinho!
bjinhos